quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

CHEIA






As coisas estiveram assim!
Este é o rio Neiva e devia estar a correr ali entre aquelas árvores do lado esquerdo.
Na 1ª foto o que parece um lago é um campo de milho rodeado de vinha.
As águas subiram tanto que estavam quase a rasar a ponte.

Hoje felizmente as águas baixaram, já que parou de chover.

5 comentários:

Cláudia M. disse...

Credo, Noémia, tenho pavor de cheias. Talvez porque há muitos anos atrás a casa onde morava a minha avó foi afectada por elas...
e o tal milho ainda se aproveita, ou estragou-se? :(

Aqui choveu, mas moderadamente...

beijinhos

ameixa seca disse...

Por momentos até pensei que isso era a tua piscina :)
Aqui na aldeia acontece muito com o rio Ave. Mas este ano ainda não se apoderou dos campos que o rodeiam!

Noémia disse...

Não houve prejuízo, Cláudia, o milho já tinha sido apanhado e as videiras, como estão altas, não ficaram estragadas. Isto é o resultado das chuvas interruptas destes fins de semana! :)

Ehehehe, para piscina era mais que olímpica, Ameixinha! O Ave, passei ali perto de Vila do Conde e parecia um mar. Alagou os terrenos todos ali à volta da A 28, só foi pena ser de noite e não ter bem a percepção de toda a dimensão da "coisa".:)

Bergamo disse...

Aqui também estamos sofrendo com as chuvas. Não sei se as notícias chegaram até aí.
A verdade é que aqui na cidade grande, a água não tem para onde ir, e invade ruas, avenidas e casas.
Abraços,
Bergamo

Noémia disse...

Vi as cheias e enxurradas aí em S.Paulo,na TV, Bergamo. Fiquei impressionada com as imagens de uma estrada a abrir, o alcatrão a sumir,a água a passar, tudo com uma facilidade que parecia um papel a rasgar.Um horror sobretudo para quem fica sem casa! :(