segunda-feira, 24 de maio de 2010

MÚSICA

Já era tempo de mudar a música na barra lateral.
Tem sido a preguiça que me faz escrever menos vezes e também de dar uma arejadela ao visual do blog.
Hoje levantei-me tarde, repousada e com tempo para dedicar à pesquisa.
Deixo aqui um pouco do antigo romantismo francês porque o calor nos dá desejos de evasão, de viagens,de amores...
E perguntam vocês mas porquê os franceses e tão antigos já?
Porque sim, porque gosto deles e também porque é uma homenagem a um amigo muito amigo, que gosta deles tanto ou mais do que eu.
Um daqueles amigos raros, integro, leal que nos acompanham pela vida, nos bons e maus momentos, no hospital ou na prisão, de quem é um privilégio ser amigo e que devo acarinhar e preservar.
Então, dedicadas ao Orlando, saboreiem também "estas velharias"!

4 comentários:

ameixa seca disse...

Não sou assim tão velha mas acho que esta época da canção francesa foi de oiro. Música muito boa, só não percebi o que faz Elvis Costello ali no meio a cantar in English :)

Orlando Gonçalves disse...

Olá Noémia:
O amigo que se reconhece nas tuas palavras e na musica ter-se-á sentido Feliz e também previlegiado!

Um abraço.
Orlando

Noémia disse...

Oh Ameixinha, é de ouro sobre azul!
O Elvis Costello está ali porque gosto muito dessa musica que era cantada pelo Aznavour, como já lá estava a cantar o "La Bohème", foi o Elvis. Mas pensando melhor acho que a vou tirar amanhã, o Aznavour tal como o Brell, não sendo franceses de nascimento têm a alma e a língua francesa e ainda se admitem.:)

Obrigada Orlando, é uma amizade recíproca e sentida! :)

Cenourit@ disse...

Esta música é linda e sempre actual!

Só pode ser um grande Amigo mesmo! E afinal, todas nós temos os nossos momentos nostálgicos...

Beijocas***