segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

BRUSCHETTA DE ABACATE

Para quem gosta de abacates, como eu, aqui vai uma óptima receita, simples e rápida como é costume, que se pode servir como entrada ou pequeno almoço.


BRUSCHETTA DE ABACATE

1abacate maduro
2 c. de chá de sumo de lima
4 fatias de pão ou tosta rústica
sal e pimenta a gosto
1 c. s. de salsa finamente picada

Parte-se o abacate ao meio, retira-se o caroço e descasca-se. Esmaga-se a polpa com um garfo, regada com o sumo da lima. Tempera-se a gosto e polvilha-se com a salsa. Espalha-se grosseiramente sobre o pão ou tostas.

Eu usei pão feito por mim e adorei esta combinação. Claro que eu sou suspeita para falar porque adoro abacate, seja de que maneira for.
Acho que é uma boa sugestão em alternativa aos patês, quando temos vegetarianos em casa. A receita é da cozinheira do costume, claro, e ainda não cheguei ao fim do livro, não!

6 comentários:

Cláudia M. disse...

Nem de propósito, hoje também postei abacate. Mas como sou uma gulosa incorrigível, o meu é doce...

eu estou agora a começar a gostar, quem sabe experimento tb esta receita.

bjs

Ana Powell disse...

Delicioso, fácil e sempre bem vindas.
Excelente sugestão x

Gina disse...

Comi abacate agora à noite, mas foi com açúcar e limão...rs!
Nunca me aventurei a comê-lo salgado, não é um costume nosso.
Bjs.

ameixa seca disse...

Provei o ano passado numa salada mas não me sabia a nada. Não achei piada. Eu tenho o livro, qualquer dia vir aqui e desfolhar o livro é a mesma coisa ;)
Hoje também fiz uma dela, o queijo de cabra dourado!

Noémia disse...

Cláudia, eu nunca comi abacate doce mas acho que não gostaria muito!:)

Ana,receitas simples, fáceis e rápidas são as minhas preferidas! :=

Gina, eu prefiro os salgados aos doces, mas muito mais mesmo. Não imagino a que saberá um abacate doce.:)

Pois é minha querida Ameixa, é mais fácil circular por este blog do que desfolhar o livro, ehehe. E está mais à mão! :)

Cláudia M. disse...

Minha linda, a propósito do coment. que me deixaste, eu ontem andei à tua procura no facebook, mas não te consegui encontrar. Depois mandei-te mail, não recebeste? Ainda é o do sapo?
Diz-me como é que te hei-de encontrar, claro que quero ser tua vizinha!! :)
Já agora, a minha irmã tb lá está... fui eu que lhe peguei o vício.
bjs