terça-feira, 3 de janeiro de 2012

ANO NOVO...

imagem da A28 no 1º dia do ano

Janeiro entrou frio e chuvoso contrastando com os dias ensolarados de Natal. 
Se calhar o novo ano está zangado com todos os horrores que dizem dele; que ninguém o quer, que vai ser uma ano de crise, que vamos passar um mau bocado, blá,blá,blá,blá...
O ano não tem culpa do estado económico a que o país chegou nem da conjectura económica mundial e estou farta do " choradinho" jornalístico que, com o pessimismo e sensacionalismo habituais, nos empurra bem mais fundo para a depressão generalizada.
  
Eu quero este ano novinho em folha, quero percorrê-lo do início ao fim cheia de esperança e alegria, escrever  como numa página em branco a vida em cada dia, chegar ao final de cada noite em paz comigo e com os outros, gozar o sol a chuva e desfiar calmamente mas com segurança as semanas e os meses do calendário.

4 comentários:

risonha disse...

tem mesmo que ser um ano de esperança e alegria, ainda agora o ano começou e já estou cansada de tanto ouvir falar em crise, cortes orçamentais, aumentos, etc...
que 2012 seja um ano mágico para todos nós.

P.S. por cá, no Algarve, o ano começou com bastante sol.

Noémia disse...

Tens razão, Risonha, não há paciência para os ouvir. Bom Ano de 2012 para ti e para os teus! :)
Que sorte teres sol, aqui o tempo anda muito farrusco.

Eu Mulher disse...

Olá querida Nóemia.

Espero que você esteja bem.

Por aqui o sol anda a todo vapor. Gostaria muito que esse verão não fosse muito quente, mas é quase impossível não ser pois moro numa terra muito quente.

Vim deseja um 2012 abençoado para você e os seus.

Beijão

Ana Kaddja e Gilbamar

Cláudia Gabriela disse...

concordo c/tudo o q acima descreve...partilho dessa opinião...vamos viver u dia de cada vez e felizes