sábado, 28 de janeiro de 2012

MACARONS

Há sempre uma primeira vez para tudo e é empolgante quando tentamos realizar o que sonhamos, delineamos ou decidimos experimentar. Depois, podemos ou não repetir.
Às vezes não voltamos a repetir, não porque tenha dado trabalho ou não tenhamos gostado do resultado mas sim porque o que nos aliciou foi o desafio às nossas capacidades e depois de vencido já não "dá pica".
Tenho uma amiga assim,que gosta de experimentar fazer tudo uma 1ª vez, depois ensina aos outros que a rodeiam, para que também façam, mas ela desliga-se.

Isto tudo porque andava há imenso tempo com vontade de fazer macarons.
Acho até que já tinha dito aqui que me iria lançar nessa aventura.O facto é que, comigo, tudo tem um tempo certo para se realizar e eu ainda não tinha encontrado esse "timing".


Foi inspirada na receita da Cláudia, que me lancei na aventura.
Saltei a parte de torrar e moer as avelãs e usei avelãs já moídas (sobras do Natal). Claro que as peneirei muito bem com o açúcar de confeiteiro, na mesma.
Em vez do creme de leite todo "XPTO" que ela usou, eu fiz um doce, com pouco açúcar, com as minhas framboesas da quinta (que tenho congeladas) e usei-as para ligar os macarons. Achei que eles já são suficientemente doces e usei a framboesa por pensar que, com a sua acidez, ligaria muito bem. Acertei.


Foi uma excelente maneira de experimentar, também pela 1ª vez, o saco de pasteleiro em silicone, que a minha filha me ofereceu, aqui há tempos. Funcionou muito bem e sem a sujeira do costume, que faço com o outro, por falta de jeito.

Ficaram muitíssimo bons, o problema mesmo é parar de os comer, e nem deram tanto trabalho como eu pensava que dariam. Vou repetir com certeza.
Experimentem! Há sempre uma primeira vez para tudo...

5 comentários:

Ameixinha disse...

Só não experimento porque o meu forno é a gás e não tem regulador de temperatura. Sei que estes "bichinhos" são um bocado manhosos e não arrisco apanhar uma desilusão :)

Cenourit@ disse...

Eu também funciono assim... por timings :)

Fiquei a salivar com os teus Macarons!

Beijocas***

Noémia disse...

Óh Ameixinha, eu também pensava que eram mais manhosos do que aquilo que realmente foram. Sairam muito bons e sem complicações. Experimenta, o forno não pode estar muito quente, só a 160º, também podes regular isso com o gás. :)

Cenourita, estavam divinais, experimenta! :)

Gina disse...

Venci essa etapa da primeira vez com os macarons e teve uma segunda vez, ambas satisfatórias, mas faz é tempo que não decido ir pra cozinha prepará-los. Até não entendo porque tantas pessoas dizem que são "manhosos". Só espero não queimar a língua quando fizer novamente...
Os seus ficaram ótimos!! Vale a pena repetir, não?
Bom final de semana!

Noémia disse...

Obrigada, Gina, vai ter uma próxima e bem depressa, acredite. primeiro porque as minhas galinhas estão a pôr ovos em pleno, depois porque cá por casa gostaram bastante e já perguntam quando será a próxima fornada! :)